Kenkovet Clínica Veterinária

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Acompanhe e participe das Redes Sociais Kenkovet

Youtube

DICAS & CURIOSIDADES

American Akita

Dicas & Curiosidades

O Akita Americano, ou Grande Cão Japonês, assemelha-se aos molossos em função de sua estrutura mais compacta e mais pesada. Cão de grande porte e construção robusta, bem balanceado, com muita substância e ossatura pesada.

À primeira vista, um Akita Americano sempre deve parecer um animal muito robusto, justificando a denominação de "grande urso", utilizada por muitos norte-americanos. A ossatura pesada é uma marca registrada da raça.

Cabeça larga, formando um triângulo abrupto, focinho profundo, olhos relativamente pequenos e orelhas eretas e portadas para frente, quase como um prolongamento do pescoço são características da raça.
No início, a história do Grande Cão Japonês (anteriormente Akita Americano) foi a mesma do Akita Inu. Desde 1630, na região de Akita, Akitas Matagis (cães caçadores de ursos) eram usados em lutas de cães. A partir de 1868, a raça foi cruzada com Tosas, Pointers Alemães, São Bernardos ou Dogues Alemães. Em 1908, as lutas entre cães foram proibidas, mas a raça foi preservada e, em 1931, designada como Monumento Natural.

Durante a II Guerra Mundial, era comum usar peles de cães como fonte de pêlos para roupas militares. A polícia ordenou a captura e o confisco de todos os cães, exceto os Pastores Alemães, usados com fins militares. Alguns criadores tentaram burlar a lei, cruzando seus cães com Pastores Alemães. Quando a II Guerra terminou, os Akitas tinham sido drasticamente reduzidos em número e existiam 3 tipos distintos: Akitas Matagi; Akitas de combate e Akitas "pastores" (cruzados). Isto criou uma situação muito confusa para a raça.

Durante o processo de restauração da raça pura após a guerra, cães da linha Dewa, alcançaram uma popularidade tremenda, mas temporária. Muitos Akitas da linha Dewa, os quais exibiam características de Mastiffes e Pastores Alemães, foram levados aos Estados Unidos pelos membros das forças militares. Os Akitas da linhagem Dewa, inteligentes e capazes de se adaptarem a diferentes ambientes, fascinaram os criadores nos Estados Unidos e a linha foi desenvolvida, aumentando o número de criadores e crescendo em popularidade.

O Akita Club of America foi fundado em 1956 e o American Kennel Club (AKC) reconheceu a raça (inscrição no stud book e permissão para participar de exposições) em outubro de 1972. Entretanto, nesta ocasião o AKC e o JKC (Japan Kennel Club) não possuíam acordos recíprocos para reconhecimento de seus pedigrees e assim, a porta se fechou a novas linhas de sangue do Japão. Conseqüentemente, os Akitas nos Estados Unidos tornaram-se consideravelmente diferentes daqueles no Japão, seu país de origem. Eles se desenvolveram como um tipo único nos Estados Unidos, cujas características e tipo se mantêm inalteradas desde 1955. Isto se contrasta claramente com o tipo japonês, que foi cruzado com Akitas Matagi com o propósito de se restaurar a raça pura original.

RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS
Nacionalidade:Japão
Classificação:Guarda
Porte:Grande
Altura Máxima:71 cm
Altura Mínima:61 cm
Peso Máximo:0 kg
Peso Mínimo:0 kg
Cor:Vermelho, castanho, branco
Temperamento:Balanceado
Treinabilidade:Fácil
Espaço:Grande
Tempo de Exercícios Diários:45 min.
Tamanho do Pelo:Duplo
Frequencia de Troca de Pelo:Médio
Tosa:Não
« Voltar
Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados - Kenkovet Clínica Veterinária - Desenvolvido pela: Agência Yama